Aventura?
Blog

Aventura?

Eu não sou nada aventureira. Pelo contrário. Tenho medo de cachoeira (e se vier uma tromba d’água?), não gosto de acampar, não gosto de estradas estreitas demais, nunca pratiquei (e nem vou praticar) esportes radicais. Sou mais contemplativa e introspectiva, gosto de caminhar por locais seguros e com terra firme.

Mas hoje, enquanto trabalhava em pautas tão diversas – uma entrevista com uma executiva de empresa e um texto sobre o mercado de compensação ambiental – fiquei pensando na aventura que tem sido o meu trabalho. Não há o risco de morrer afogada na cachoeira ou a corda do bungjump arrebentar, mas há uma tensão e uma excitação bem grande no ar.

É um tal de marcar entrevista, desmarcar entrevista; pensar em uma pauta e descobrir que o assunto, na verdade, não vira pauta; ou então de descobrir que o assunto é mais interessante do que se pensava e que é preciso parar pra entende o que se pode fazer com ele; se o cara só pode conversar com você amanhã, desmarca tudo pra aproveitar a oportunidade. Tá, não são aventuras radicais, não tem a adrenalina do rafting ou de um safári pela África do Sul. Mas é o tipo de aventura que tem cabido na minha vida. Encontrar energia e curiosidade suficiente para descobrir pautas diferentes, oferecê-las para veículos diferentes, ouvir a resposta que vier, receber demandas de editores diferentes e saber como lidar com elas. Isso sem contar a entrevista em si, a execução da pauta, que é quase sempre diferente do que se imaginava. Bom, isso pra quem gosta de terra firme e temperatura controlada pode ser uma grande aventura….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *