Onde meditar?
Uncategorized

Onde meditar?

Já tem quase um ano que eu comecei a meditar, ou a tentar meditar. Ainda não consigo considerar que sou uma meditadora séria porque falho muitas vezes no compromisso e, também, porque ainda estou nos 10 minutos. Mas sei que o hábito da meditação vem da disciplina. Meditar não é fácil, não é necessariamente gostosinho e exige que a gente separe um tempo para isso todos os dias, independentemente do que estiver acontecendo na nossa vida. Tem que ter regularidade.

Já existem pesquisas comprovando os benefícios da meditação e mesmo sendo uma meditadora diletante e não muito disciplinada consigo perceber alguns desses benefícios. Não me tornei monja, continuo perdendo as estribeiras em muitas situações e estou longe de manter aquele sorriso do Dalai Lama mesmo com o mundo caindo a minha volta. Mas tornei-me muito mais observadora de mim mesma e isso é bem interessante. Significa que, embora tenha os momentos em que perco as estribeiras e saio dando coice em tudo e em todos, consigo parar e pensar no porque isto aconteceu, como poderia ser diferente e o que posso fazer para, da próxima vez, tentar agir diferente.

O hábito da meditação me ajudou a parar e pensar alguns minutos antes de agir. Porque as coisas que fazemos no impulso ou com a cabeça quente tem mais chance de dar errado. Essa pequena parada e respirada pode fazer muita diferença, seja no trabalho, na hora de comer, de dormir, de conversar com alguém, de resolver um problema.

Comecei a me interessar por meditação enquanto buscava algo que me ajudasse a aplacar a ansiedade. Fazer parte do grupo de treinamento integral da Juliana Romantini também ajudou a me aproximar da meditação. E foi um pouco nas aulas e um pouco sozinha, vendo vídeos e usando aplicativos de meditação guiada, que comecei a me embrenhar nesse meio.

Cheguei a pesquisar sobre grupos de meditação no bairro, mas só encontrei um que acontece aos sábados, próximo ao metrô Carrão. Tenho vontade de encontrar um mentor, alguém que me ajude a avançar nesse processo, mas ainda não estou com disponibilidade de tempo pra sair do Tatuapé e ir pra outra região da cidade meditar.

Então, faço a prática onde consigo. Minha preferência é sentar no Ceret, de frente pra paisagem da foto que abre esse post, e fazer a meditação ali, de manhã. Nem sempre dá. Então, às vezes faço em casa, seja no quarto, na sala ou no quintal. Às vezes, nem faço. Mas sigo tentando.

Se vocês souberem de outros lugares pra meditar no bairro, compartilhem aqui. Assim fazemos um post colaborativo pra quem quer se aprofundar na prática sem sair de perto de casa!

Onde meditar
Centro de Meditação Kadampa Mahabodhi
Sábados, das 11h30 ás 12h30
R$ 20 por aula
Rua Dr. Ângelo Vita, 43, próximo ao metrô Carrão.
Tel.: 3476-2328

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *