Manifesto em favor de um conteúdo autêntico

Todos somos produtores de conteúdo. E isso é maravilhoso porque abre portas e espaço para a diversidade de ideias.

Mas precisamos nos livrar do vício do copy/paste, do achar que conteúdo autêntico não é fundamental.

Acredito que tanto em um post quanto em uma reportagem de 10 páginas, a informação precisa ser verdadeira, bem apurada e o mais profunda possível.

Quero ser parte de um mundo em que as pessoas e as marcas valorizem a informação, tenham um olhar crítico e analítico sobre ela e entendam o quanto isso pode ser valioso em suas vidas e seus negócios.

Por isso, abraço a informação autêntica em qualquer formato.

O importante é que o conteúdo promova encontros. E para isso ele precisa ser acessível, claro, interessante e inovador.

Como alguém que trabalha essencialmente com informação, sinto-me responsável por compartilhar e divulgar informações verdadeiras e autênticas, vindas das melhores fontes.

Seja como repórter, editora, produtora ou curadora de conteúdo, nunca posso abrir mão do valor da veracidade e da autenticidade.

E é assim que quero mostrar ao mundo que conteúdo e informação são ferramentas de empoderamento, que ajudam as pessoas a fazer melhores escolhas e tomar as melhores decisões.